Propees
Propees
English version UFMG

Defesas marcadas - Dissertações defendidas - Teses defendidas



Dissertações de Mestrado

Data: 22/10/2019 - Horário: 9h
Local: sala 4409
Aluno: José Osvaldo Ferreira Filho
Orientador(a): Hermes Carvalho
Co-Orientador(a): Ana Lydia Reis de Castro e Silva
Título: Estudo Numérico sobre o Comportamento de Almas Enrijecidas de Vigas Esbeltas de Aço
Banca:
Prof. Dr. Hermes Carvalho (DEES - UFMG)
Profa. Dra. Ana Lydia Reis de Castro e Silva - Coorientadora (DEES-UFMG)
Prof. Dr. Rodrigo Barreto Caldas (DEES - UFMG)
Prof. Dr. Maximiliano Malite (USP)


Resumo:

A utilização de vigas esbeltas de aço é alternativa favorável ao dimensionamento estrutural de pontes e viadutos, uma vez que proporciona alta resistência e baixo consumo de material. Entretanto, a elevada esbeltez de seus elementos é responsável por ocasionar problemas de instabilidade estrutural, provocando falhas precoces. Como solução, enrijecedores longitudinais são aplicados ao longo de placas que constituem a alma dos perfis metálicos, aumentando a resistência ao fenômeno de flambagem. Os procedimentos existentes para calcular a tensão crítica global e, assim, indicar o início da instabilidade estrutural de placas enrijecidas, em sua maioria, são práticos, porém conservadores e pouco gerais, assim como é o caso da norma europeia EN 1993-1-5:2006 e do programa computacional EBPlate. Por consequência, a ocorrência de pesos estruturais desnecessários e gastos dispensáveis é potencializada. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi compreender o comportamento de flambagem elástica e a capacidade resistente última de placas enrijecidas que compõem a alma de vigas esbeltas de aço com seção transversal do tipo I, por meio de um modelo numérico confiável. Logo, a partir da análise de flambagem elástica, a tensão crítica global para placas com um, dois e três enrijecedores longitudinais submetidas à tensão normal, ao cisalhamento e à combinação entre tensões normais e cisalhantes foi investigada. Além disso, o coeficiente de redução e a contribuição da alma para a resistência ao cisalhamento foram determinados, a partir de uma análise numérica avançada que considera imperfeições iniciais. Na sequência, os procedimentos supracitados foram avaliados, verificando-se respostas inconsistentes e superestimadas. Quando os resultados analíticos são confrontados aos numéricos, os desvios chegam a ser superiores a 40% e a presença do segundo enrijecedor chega a ser desprezada pela norma. Ao fim, este trabalho resultou em uma abordagem numérica capaz de contribuir com maior exatidão ao estudo do comportamento estrutural de placas enrijecidas longitudinalmente com diferentes geometrias e diversas configurações de enrijecedores.

Data: 08/11/2019 - Horário: 14h
Local: sala 4409
Aluna: Gabriela Moreira Azevedo
Orientador(a): Samuel Silva Penna
Co-Orientador(a): Ramon Pereira da Silva
Título: Implementação Paralela para Análises Estáticas Lineares pelo Método dos Elementos Finitos
Banca:
Prof. Dr. Samuel Silva Penna (DEES - UFMG)
Prof. Dr. Ramon Pereira da Silva - Coorientador (DEES - UFMG)
Prof. Dr. Roque Luiz da Silva Pitangueira (DEES - UFMG)
Prof. Dr. Rodrigo Weber dos Santos (UFJF)


Resumo:

Na análise estrutural por elementos finitos, a representação de estruturas e fenômenos complexos é cada vez mais recorrente e acaba exigindo uma quantidade cada vez maior de graus de liberdade dos modelos. Esta condição representa um problema significativo de performance e demanda de memória quando considera-se as etapas de montagem e resolução dos sistemas de equações. Dessa forma, faz-se necessário o uso de computadores de fina tecnologia e alta performance. Contudo, o uso destas máquinas especializadas é extremamente ineficiente quando considerado o seu custo e, conforme o avanço da tecnologia, a necessidade de ocasional substituição. Visando resolver esse impasse, tem-se dado atenção para soluções que façam uso de computadores paralelos. Nesta modalidade da computação, um problema grande e complexo é dividido em pequenas porções, que são resolvidas de forma independente em diferentes computadores. Assim, a computação paralela tem como vantagens a menor demanda de capacidade em componentes como memória e processador, além da possibilidade de fácil expansão do sistema distribuído. Entretanto, a concorrência de tarefas demanda algoritmos diferentes em relação às rotinas sequenciais, principalmente quando objetiva-se a alta performance. Também, para que os resultados da computação paralela sejam superiores, a divisão das tarefas deve ser realizada de forma que todos os processos terminem seus trabalhos ao mesmo tempo, evitando a ociosidade de processadores, juntamente com o mínimo de comunicação possível. No caso do método dos elementos finitos, devem ser utilizadas metodologias que realizem a divisão homogênea dos elementos entre os processadores ao mesmo tempo que minimizem as fronteiras entre as divisões. Desta forma, as determinações para evitar desperdício computacional distribuindo cargas iguais de trabalho e gerar menor comunicação entre processadores é atendida. Portanto, este trabalho tem como intuito uma implementação paralela para o método dos elementos finitos. Para tanto, a implementação foi realizada usando o sistema computacional INSANE (INteractive Sructural ANalysis Environment), desenvolvido na linguagem de programação Java, segundo o paradigma de Orientação à Objetos, e o padrão MPI (Message Passing Interface) de comunicação de dados entre computadores.

Teses de Doutorado

Nenhuma defesa de tese marcada

Projetos de Tese de Doutorado

Data: 18/10/2019 - Horário: 15:30
Local: sala 4409
Aluna: Karina Venâncio Bonitese
Orientador(a): Francisco Carlos Rodrigues
Título: Estudo de Viabilidade do Uso de OSB de Bambu na Estabilidade Estrutural de Painéis de Cisalhamento "Shear Wall" no Sistema Construtivo "Ligth Steel Frame"
Banca:
Prof. Dr. Rodrigo Barreto Caldas (DEES - UFMG)
Prof. Dr. Luís Eustáquio Moreira (DEES-UFMG)
Prof. Dr. Conrado de Souza Rodrigues (CEFET-MG)



Documentos e formulários Eventos Calendário


Acesso restrito

Av. Antônio Carlos, 6627 - Escola de Engenharia - Bloco 1 - 4o andar, sala 4215, Pampulha, Belo Horizonte - MG - CEP 31270-901
Telefone +55 (31) 3409-1980
E-mail: posees@dees.ufmg.br

Parceiros Propees Capes Cnpq Fapemig Finep