Propees
Propees
English version UFMG

Defesas marcadas - Dissertações defendidas - Teses defendidas



Dissertações de Mestrado

Nenhuma defesa de dissertação marcada

Teses de Doutorado

Data: 26/09/2018 - Horário: 14h
Local: sala 4409
Aluno: Hermano de Sousa Cardoso Currículo Lattes
Orientador(a): Rodrigo Barreto Caldas
Co-Orientador(a): Ricardo Hallal Fakury
Título: Avaliação do Comportamento de Conectores Constituídos por Chapas de Aço com Recortes Regulares - Ênfase em Conectores de Geometria Crestbond Aplicados em Pilares Mistos
Banca:
Prof. Dr. Rodrigo Barreto Caldas (DEES - UFMG)
Prof. Dr. Ricardo Hallal Fakury - Coorientador (DEES - UFMG)
Profa. Dra. Ana Lydia Reis de Castro e Silva (DEES - UFMG)
Prof. Dr. Gustavo de Souza Veríssimo (UFV)
Prof. Dr. Maximiliano Malite (USP)
Prof. Dr. Pedro Colmar Gonçalves da Silva Vellasco (UERJ)


Resumo:

Neste trabalho foi realizado um estudo experimental e numérico sobre o comportamento de conectores de cisalhamento constituídos por chapas e recortes regulares de geometria Crestbond quando aplicados em pilares mistos preenchidos com concreto (PMPC) de seções compactas. O comportamento desses conectores foi avaliado através da sua rigidez, ductilidade, capacidade resistente e pelos modos de colapsos observados. Para atingir o seu objetivo, o estudo se deu por via de três abordagens: experimental, numérica e analítica. Em um primeiro instante, foi realizada uma avaliação inicial do comportamento do conector Crestbond por meio de simulações de ensaios nos quais o concreto não está confinado pelo tubo de aço que compõe os PMPC. Esse procedimento era necessário para que houvesse, posteriormente, uma ideia mais clara, considerando todos efeitos sobrepostos, quais desses efeitos se deviam exclusivamente ao confinamento provocado pelo perfil tubular externo. O programa experimental compreendeu a análise de ensaios de cisalhamento de 17 modelos de PMPC com conectores Crestbond, com o carregamento aplicado sobre o tubo de aço e somente o núcleo de concreto apoiado. Esse programa teve por base o procedimento dos ensaios standard push test, preconizado pela norma europeia EN 1994-1-1:2004. As séries de modelos são diferenciadas pelo tipo de concreto (convencional ou autoadensável), pela área de seção, pelo tipo de seção (circular ou retangular) e pelo uso ou não de armaduras de aço no núcleo de concreto. O estudo numérico foi realizado por meio de simulações dos modelos experimentais utilizando o software de elementos finitos Abaqus. Com a calibração do modelo numérico, foi realizado um estudo paramétrico que compreendeu a análise aproximadamente 200 modelos com conectores. Ao final, nos modelos que a falha ocorria na conexão mista promovida pelo Crestbond, verificou-se que o colapso se dava no momento que deformações correspondentes a resistência à ruptura do aço (fu) eram atingidas ao longo de todo comprimento da seção crítica do dowel frontal de aço. Desse modo, constatou-se que a falha do aço do conector era o único estado-limite último (ELU) aplicável para o dimensionamento desses conectores em PMPC com seções compactas. Diante disso, na sequência, foi proposto um modelo analítico que permite o dimensionamento de conectores Crestbond em elementos de vigas mistas e de PMPC com seções compactas.

Projetos de Tese de Doutorado

Data: 05/10/2018 - Horário: 8h30
Local: sala 4409
Aluno: Danilo Bento Oliveira Currículo Lattes
Orientador(a): Samuel Silva Penna
Título: Formulação e Implementação Computacional para Análise Fisicamente e Geometricamente Não Linear de Cascas pelo Método dos Elementos Finitos Generalizados
Banca:
Prof. Dr. Roque Luiz da Silva Pitangueira (DEES - UFMG)
Prof. Dr. Felício Bruzzi Barros (DEES - UFMG)
Prof. Dr. Gray Farias Moita (CEFET/MG)



17 e 18 de maio
Folder

Documentos e formulários Eventos Calendário


Acesso restrito

Av. Antônio Carlos, 6627 - Escola de Engenharia - Bloco 1 - 4o andar, sala 4215, Pampulha, Belo Horizonte - MG - CEP 31270-901
Telefone +55 (31) 3409-1980
E-mail: posees@dees.ufmg.br

Parceiros Propees Capes Cnpq Fapemig Finep